Enciar currículo
Somente DEUS abrange Tudo!!! Somente DEUS É O SENHOR!
EMAIL:
SENHA:
Cadastre-se
.
Seja bem vindo! Hoje é 18 de Dezembro de 2017.

Notícias


NR35 - FIQUE POR DENTRO


MTE aprova medidas de proteção para trabalho em altura


Aprovada Norma Regulamentadora n.º 35 - 29.03.2012

Do Portal do MTE

 

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira a Portaria n° 313, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que aprova a Norma Regulamentadora n.º 35 (NR-35), sobre Trabalho em Altura, e cria a Comissão Nacional Tripartite Temática (CNTT) da NR-35, com o objetivo de acompanhar a implantação da nova regulamentação. Considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de dois metros do nível inferior, onde haja risco de queda.

A NR-35 estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, como o planejamento, a organização e a execução, a fim de garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade.

Também faz referência às responsabilidades do empregador e do trabalhador. Por exemplo, ao empregador, caberá garantir a implementação das medidas de proteção estabelecidas na NR, bem como desenvolver procedimentos para as atividades rotineiras de trabalho em altura, garantindo que qualquer trabalho em altura só se inicie depois de adotadas as medidas de proteção definidas na NR.

Ao trabalhador, caberá cumprir as disposições legais e regulamentares sobre trabalho em altura, inclusive os procedimentos expedidos pelo empregador; interromper suas atividades exercendo o direito de recusa, além de zelar pela sua segurança e saúde e a de outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações ou omissões no trabalho.

Capacitação – A NR-35 estabelece que o empregador deverá promover um programa para capacitação dos trabalhadores para a realização de trabalho em altura. Trabalhador capacitado para o trabalho em altura é aquele que foi submetido e aprovado em treinamento, teórico e prático, com carga horária mínima de oito horas. O conteúdo deve, no mínimo, incluir normas e regulamentos aplicáveis, dentre eles ao trabalho em altura; análise de risco e condições impeditivas; Equipamentos de Proteção Individual e condutas em situações de emergência.

Desta forma, todo trabalho em altura deverá ser planejado, organizado e executado por trabalhador capacitado e autorizado. Trabalhador autorizado para trabalho em altura é aquele capacitado, cujo estado de saúde foi avaliado, tendo sido considerado apto para executar essa atividade e que possua anuência formal da empresa. Caberá ao empregador avaliar o estado de saúde dos trabalhadores que exercem atividades em altura.

Trabalhadores em atividade em obra em Rondônia/Foto Renato AlvesAs obrigações gerais da NR-35 entram em vigor seis meses após sua publicação. A obrigatoriedade de treinamento e capacitação ofertadas pelo empregador entram em vigor daqui a 12 meses.

Trabalhadores em atividade em obra em Rondônia/Foto Renato Alves

 

 

 

Blog do Trabalho (http://blog.mte.gov.br/ )

Equipe do Blog




De 27/04/2012




Outras notícias


Inscrições para cursos de teatro
[03/06/2016]
Sesc abre inscrições para cursos de teatro


Curso de Bombeiro Civil
[03/06/2016]
Centro Profissionalizante abre inscrições para curso de Bombeiro Civil


BNB financia novo shopping de Aracaju
[02/06/2016]
Banco injetará cerca de R$ 75 milhões em empreendimento


Evento de Assinatura do Contrato de Gás para UTE Porto de Sergipe
[02/06/2016]
Evento de Assinatura do Contrato de Gás para UTE Porto de Sergipe


PROJETO JOVEM APRENDIZ
[02/07/2015]
Para Estudantes Universitários uma excelente notícia!!


RODADA DE NEGÓCIOS MULTISSETORIAL COMPRE DO PEQUENO - SEBRAE
[23/10/2014]
O evento acontece no dia 23 de setembro de 2015








Abrangente Consultoria em Recursos Humanos
Todos os Direitos reservados

Site: www.portalabrangente.com.br
E-mail: abrangente@portalabrangente.com.br
Telefone Escritório: (79) 3214-9717

Aracaju - Sergipe - BRASIL
Magikal Design