Enciar currículo
Somente DEUS abrange Tudo!!! Somente DEUS É O SENHOR!
EMAIL:
SENHA:
Cadastre-se
.
Seja bem vindo! Hoje é 16 de Outubro de 2017.

Artigos


SABER FALAR E TER CORAGEM PARA OUVIR.


É muito fácil impor nossas opiniões, mas será que quando a vez é do outro também ouvimos com a mesma facilidade?



É muito fácil impor nossas opiniões e pensamentos para as pessoas, mas quando é hora de escutarmos muitas vezes caímos fora. È muito bom ter aquela pessoa que nos ouve e nos aconselha, mas quando esta precisa de ajuda sempre inventamos uma desculpa ou não temos tempo. Pior é quando nos irritamos, gostamos de falar que estamos certos, expor nosso ponto de vista, mas será que na hora do outro explicar-se ficamos de “ouvidos abertos”.
 
Assim como é fácil julgar e é ruim ser julgado, muitas vezes é bom ser ouvido e é difícil ter que ouvir. As pessoas precisam de nós assim como precisamos delas, então se você gosta de ter aquele amigo por perto, é bom procurar fazer por onde para que ele queira também estar por perto.
 
Muitas vezes ao ficarmos aborrecidos despejamos palavras como se fossem pedras, sem nos importar com o tamanho das feridas que podem ser abertas em quem estão sendo lançadas, pensamos muito em nosso próprio umbigo, lembramos que nosso sentimento foi ferido, mas não nos preocupamos em ferir o sentimento do outro. Devemos pensar antes de falar, por esse motivo que não temos ligação direta entre pensamento e boca, para dar tempo de analisar se realmente vale a pena falar o que se pensa, para não ocupar o ouvido daquele amigo com ofensas desnecessárias as quais sabemos que daqui a pouco vamos nos arrepender amargamente em ter “soltado”, pois assim como nosso ouvido não é pinico o do outro também não é, e para nós o complicado é entender isso, muitas vezes é difícil evitar que tenhamos causado um dano tão grande no ouvido do outro (no sentido figurado), ao ponto de que ele não possa e não queira mais nos escutar.
 
Saber ouvir é um dom que os verdadeiros amigos carregam dentro de si, é tão bom podermos sentar e conversar e ver que aquela pessoa está interessada no que estamos falando, está interessada em ouvir nosso problema, mesmo que não tenha como nos ajudar, pelo menos ela ouviu o nosso desabafo o que já nos traz um grande alívio. Vamos procurar ser menos boca e mais ouvidos, vamos procurar ser boas companhias, se não pudermos ajudar com ações que possamos ajudar com nossos ouvidos.

Vamos nos lembrar sempre que se temos boca para falar o que pensamos temos que ter ouvido também para ouvir o que o outro pensa, muitas vezes falamos sem que a pessoa queira ouvir, mas um dia sempre chega também a hora de ouvir aquilo que a gente não quer, então antes que isso aconteça analise suas palavras para que não tenha que ouvir coisas desagradáveis. Procure plantar coisas boas para que sua colheita seja também de coisas boas. Lembre-se de usar sua boca e seus ouvidos com sabedoria e também com moderação. Ótima semana para todos!!!

Edi Henriques




De 27/05/2013




Outros artigos


O tempo não tem culpa
[21/10/2014]
Por Cersi Machado


O DNA dos vencedores
[09/10/2014]
Por Kamilla Matos


O bom comportamento como diferencial no trabalho
[19/09/2014]
(José Roberto Marques)


Socorro, não tenho sucesso!
[10/09/2014]
(Por Neusa Miguel)


Como gerenciar emoções no ambiente de trabalho
[03/09/2014]
(Por Tatiane Tedesco)


Fofoca no mundo corporativo: como se livrar delas?
[21/08/2014]
(Por Marisol Camarinha)








Abrangente Consultoria em Recursos Humanos
Todos os Direitos reservados

Site: www.portalabrangente.com.br
E-mail: abrangente@portalabrangente.com.br
Telefone Escritório: (79) 3214-9717

Aracaju - Sergipe - BRASIL
Magikal Design