Enciar currículo
Somente DEUS abrange Tudo!!! Somente DEUS É O SENHOR!
EMAIL:
SENHA:
Cadastre-se
.
Seja bem vindo! Hoje é 18 de Dezembro de 2017.

Artigos


Liderança feminina: Agora é que são elas!


O agora ex "sexo frágil", rompeu as barreiras da vivência doméstica e instaurou um novo perfil como líder de família.


Machismos à parte, a mulher brasileira cada vez mais tem superado a discriminação histórica, que impõe uma diferente valorização de sua mão de obra, e buscado seu espaço no mercado de trabalho. Hoje as mulheres ocupam, com maestria, postos que há pouco tempo eram absolutamente masculinos. E não é raro as vermos no comando de grandes empresas, e liderando de forma bem-sucedida seus subordinados.

Um exemplo claro de que a mentalidade do brasileiro está mudando, é que tivemos duas mulheres na disputa presidencial no último ano, e pela primeira vez uma delas foi eleita para o maior e mais importante cargo do país.

Outro ponto que chama atenção é que tanto Marina Silva como a presidenta eleita Dilma Rousseff possuem nível superior, e esse indicador representa uma nova realidade no Brasil, onde as mulheres com terceiro grau superam o número de homens com a mesma escolaridade. Segundo dados do IBGE, divulgados em 2009, esse percentual aponta 8,1% da população feminina. E a participação delas em cursos superiores chega a 380 mil vagas a mais, que a masculina.

O agora ex "sexo frágil", rompeu as barreiras da vivência doméstica, instaurou um novo perfil como líder de família e provedora do lar e hoje atua nas mais diversas áreas da economia nacional como infraestrutura, transporte, segurança, construção civil. Isso também se evidencia no meio corporativo, à frente de grandes empresas que estão reconhecendo e buscando nelas qualidades como: maior capacidade de delegar, facilidade no relacionamento interpessoal, talento para gerir equipes e poder de negociação.

Pesquisa da Great Place To Work, empresa global especializada em ambiente de trabalho, aponta que nas 100 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, 36% dos cargos de liderança, inclusive presidência, são ocupados por mulheres. O estudo aponta ainda, que o índice de confiança dos funcionários na liderança feminina chega a 83% contra 81% do sexo oposto.

Mulheres e o Coaching - Para tornar essa liderança ainda mais efetiva, as profissionais do meio corporativo têm buscado qualificação e incorporado ao seu know how ferramentas que agregam novos diferenciais ao seu desempenho diário. Com a disseminação do coaching nas empresas e seguindo a máxima do CEO do Google Eric Schmidt, que afirma que: "todo mundo precisa de um coach", esse público, sobretudo antenado com as mudanças, tem cada vez mais buscado o apoio de um coach, para entre outros, auxiliar a sanar limitações, ser assertivo nas decisões tomadas no trabalho e com isso, tem potencializado o sucesso de sua gestão e carreira.

(Por José Roberto Marques)


De 11/11/2011




Outros artigos


O tempo não tem culpa
[21/10/2014]
Por Cersi Machado


O DNA dos vencedores
[09/10/2014]
Por Kamilla Matos


O bom comportamento como diferencial no trabalho
[19/09/2014]
(José Roberto Marques)


Socorro, não tenho sucesso!
[10/09/2014]
(Por Neusa Miguel)


Como gerenciar emoções no ambiente de trabalho
[03/09/2014]
(Por Tatiane Tedesco)


Fofoca no mundo corporativo: como se livrar delas?
[21/08/2014]
(Por Marisol Camarinha)








Abrangente Consultoria em Recursos Humanos
Todos os Direitos reservados

Site: www.portalabrangente.com.br
E-mail: abrangente@portalabrangente.com.br
Telefone Escritório: (79) 3214-9717

Aracaju - Sergipe - BRASIL
Magikal Design