Enciar currículo
Somente DEUS abrange Tudo!!! Somente DEUS É O SENHOR!
EMAIL:
SENHA:
Cadastre-se
.
Seja bem vindo! Hoje é 18 de Dezembro de 2017.

Artigos


Enfermagem e Segurança no Trabalho


Conheça mais sobre esta importante Carreira.


Segurança do trabalho pode ser definida como um conjunto de medidas que são adotadas com vistas a minimizar os acidentes de trabalho e as doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade laboral do trabalhador.

 

O quadro de Segurança do Trabalho de uma empresa compõe-se de uma equipe multidisciplinar, constituída por Técnico de Segurança do Trabalho, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho, Enfermeiro do Trabalho e Técnico de Enfermagem do Trabalho. Estes profissionais formam o que chamamos de SESMT - Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho.

 

No Brasil, a Segurança do Trabalho é regulamentada pelo arcabouço legal composto por Normas Regulamentadoras, leis complementares, como portarias e decretos, bem como por convenções da Organização Internacional do Trabalho, ratificadas pelo país.

 

O campo de atuação na área de Segurança do Trabalho é muito vasto. Neste contexto, o profissional exerce funções, conforme a sua formação, quer seja ele médico, técnico, enfermeiro ou engenheiro.

 

O enfermeiro e o médico do trabalho na saúde ocupacional dedicam-se a ações de prevenção e tratamento de doenças e/ou acidentes relacionados ao trabalho, realização de consultas e exames de admissão e periódicos dos colaboradores, bem como a administração de vacinas.

 

Podemos descrever como funções do Enfermeiro do Trabalho:

Estudar as condições de segurança e periculosidade da empresa, efetuando observações e discussões com a equipe do SESMT, quanto aos riscos ao trabalhador, nos locais de trabalho, com vistas à identificar as necessidades no campo da segurança, higiene e melhoria das condições do trabalho;

Elaborar e executar planos e programas de proteção à saúde dos trabalhadores; participar de grupos que realizam inquéritos sanitários; estudar as causas de absenteísmo; fazer levantamentos das doenças profissionais e das lesões traumáticas; realizar estudos epidemiológicos; coletar dados estatísticos de morbimortalidade dos trabalhadores, investigando possíveis relações com as atividades funcionais, para obter a continuidade operacional e aumento da produtividade;

Executar e avaliar programas de prevenção de acidentes e de doenças profissionais ou não profissionais, por meio da análise da fadiga, dos fatores de insalubridade, dos riscos e das condições de trabalho do menor e da mulher, para propiciar a preservação de integridade física e mental do trabalhador;

Prestar primeiros socorros no local de trabalho, em caso de acidente ou doença; realizar curativos ou imobilizações especiais; administrar medicamentos e providenciar atendimento médico adequado, para atenuar consequências e proporcionar apoio e conforto ao paciente;

Elaborar e executar ou supervisionar e avaliar as atividades de assistência de enfermagem aos trabalhadores, proporcionando-lhes atendimento ambulatorial, no local de trabalho; controlar os sinais vitais; aplicar medicamentos prescritos, realizar curativos, vacinações; coletar material para exame laboratorial; e realizar junto a equipe do SESMT outros tratamentos, para reduzir o absenteísmo profissional; organizar e administrar o setor de enfermagem da empresa, provendo pessoal e material necessários, treinando e supervisionando os auxiliares de enfermagem do trabalho e outros profissionais, com vistas à promover o atendimento adequado, conforme as necessidades de saúde do trabalhador;

Treinar os trabalhadores, instruindo-os sobre o uso de roupas e materiais adequados ao tipo de trabalho, bem como sobre a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), a fim de reduzir a incidência de acidentes;

Planejar e executar programas de educação sanitária com a divulgação de conhecimentos e estímulo aos trabalhadores quanto à aquisição de hábitos sadios, para prevenir doenças profissionais; manter cadastros atualizados para a realização de informes como subsídio em casos de processos e de pedidos de indenização e orientar sobre problemas advindos da não-prevenção de doenças profissionais (BRASIL, 2012).

 

A Enfermagem do Trabalho contemporânea se estrutura na Política Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador (PNSST) que visa garantir que o trabalho, base da organização social e direito humano fundamental, seja realizado em condições que contribuam para melhor qualidade de vida e saúde ao trabalhador, o qual objetiva a realização pessoal e social, e a redução da morbimortalidade dos trabalhadores, mediante a execução de ações integradas e articuladas de prevenção, promoção, reabilitação e vigilância na área de saúde do trabalhador (BRASIL, 2006).

Apesar da prática profissional do enfermeiro do trabalho ser variável, visto que é possível atuar em diversos tipos de empresas, indústrias e serviços, e ainda em diferentes níveis de atenção, a base de conhecimento construída por cada profissional enseja prepará-lo a desenvolver atividades de promoção e educação em saúde, vigilância em saúde do trabalhador e consulta de enfermagem (PAZ, KAISER, 2006).


Texto escrito pela monitora do Programa Proficiência Cláudia Luísa Guras




De 13/04/2013




Outros artigos


O tempo não tem culpa
[21/10/2014]
Por Cersi Machado


O DNA dos vencedores
[09/10/2014]
Por Kamilla Matos


O bom comportamento como diferencial no trabalho
[19/09/2014]
(José Roberto Marques)


Socorro, não tenho sucesso!
[10/09/2014]
(Por Neusa Miguel)


Como gerenciar emoções no ambiente de trabalho
[03/09/2014]
(Por Tatiane Tedesco)


Fofoca no mundo corporativo: como se livrar delas?
[21/08/2014]
(Por Marisol Camarinha)








Abrangente Consultoria em Recursos Humanos
Todos os Direitos reservados

Site: www.portalabrangente.com.br
E-mail: abrangente@portalabrangente.com.br
Telefone Escritório: (79) 3214-9717

Aracaju - Sergipe - BRASIL
Magikal Design